Fundação Municipal do Meio Ambiente de São José firma parcerias com o setor empresarial

quinta-feira, 05 junho 2014 18:09

Foram anunciados projetos de adoção de praças, revitalização do Horto Florestal e a doação de área para uma nova unidade de conservação

O empresário César Gomes (dir) entregou à prefeita Adeliana Dal Pont o documento da doação do terreno para a Fundação do Meio Ambiente

O empresário César Gomes (dir) entregou à prefeita Adeliana Dal Pont o documento da doação do terreno para a Fundação do Meio Ambiente. Na foto, os vereadores Sílvio Souza e Neri do Amaral, o superintendente da Fundação do Meio Ambiente, Eduardo Bastos, e o representante da Pedra Branca, Valdir Tomazi

Na Semana do Meio Ambiente, uma solenidade oficializou projetos de parceria entre a Fundação Municipal do Meio Ambiente e o setor empresarial. Na oportunidade, foram assinados termos de adoção de praças públicas no município de São José e apresentado um projeto de readequação do Parque Ambiental dos Sabiás, conhecido como Horto Florestal. Também foi realizada a doação de uma área para a implantação de uma nova unidade de conservação do município.

A solenidade iniciou com a assinatura dos termos de adoção de praças públicas. A Empresa Cimes Construtora adotou a praça que fica na Rua Durval da Silva, no bairro Nossa Senhora do Rosário. A Construtora Amaral adotou a praça que fica entre as ruas Santo Antonio e Xingrilá, em Barreiros, além de um espaço público na rótula das ruas Rudolfo Jacob Schaeffer com a Rua Maria Filomena da Silva e Rua Osvaldo Correa de Andrade, no bairro Nossa Senhora do Rosário.

O empresário Dionísio Deschamps assina o termo de doação para revitalização e manutenção de uma praça no Kobrasol

O empresário Dionísio Deschamps assina o termo de adoção para revitalização e manutenção de uma praça no Kobrasol

A empresa Dionísio Deschamps adotou a praça que fica na esquina das ruas Adhemar da Silva com a Rua Vitor Meireles, no bairro Kobrasol. Já a empresa Habitenge Empreendimentos e Engenharia adotou a praça situada entre a Avenida Josué di Bernardi e a Rua Irmãos Vieira, em Campinas.

A partir do projeto de adoção, a empresa fica responsável pela revitalização e manutenção do espaço, de acordo com o projeto paisagístico aprovado pela Fundação Municipal de Meio Ambiente. O prazo mínimo de adoção é de um ano, podendo ser prorrogado de acordo com o interesse das partes.

O superintendente da Fundação do Meio Ambiente, Eduardo Bastos, destacou que o ato oficializa três importantes projetos para São José

O superintendente da Fundação do Meio Ambiente, Eduardo Bastos, destacou que o ato oficializa três importantes projetos para São José

Durante o ato, também foi realizada a doação de um terreno pela empresa Pedra Branca Empreendimentos Imobiliários, como compensação ambiental. Com 92.400 metros quadrados, no bairro Colônia Santana, a área receberá uma nova unidade de conservação ambiental em São José. O representante da empresa, César Gomes, entregou o documento para a prefeita Adeliana Dal Pont.

Também foi realizada a apresentação do Projeto Parque dos Sabiás, conhecido como Horto Florestal de São José. A unidade de conservação ambiental, criada em março de 2000, abrange 35 hectares e sedia a Escola Municipal do Meio Ambiente. No projeto, um grupo de empresários se uniu à Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias para uma ação de readequação da unidade. Através do Projeto Mãos que Ajudam, neste sábado (7), cerca de 300 voluntários trabalharão em um mutirão no local.

O empresário Zeca Furtado destacou a importância da transparência e procedimentos claros nos processos de licenciamento ambiental

O empresário Zeca Furtado destacou a importância da transparência e procedimentos claros nos processos de licenciamento ambiental

Segundo o superintendente da Fundação Municipal do Meio Ambiente, Eduardo Bastos, este é momento peculiar e bastante importante para São José. “Estamos lançando três grandes projetos, cada um com sua importância, cada um com sua dificuldade e cada um com seu entendimento. Somando todas as ações, temos aqui cerca de R$ 1 milhão que estão sendo investidos em áreas verdes do Município”, afirmou Eduardo.

Representando o grupo que fará a revitalização do Horto, o representante da empresa Jota’s, Zeca Furtado, destacou as mudanças realizadas na gestão da Fundação Municipal de Meio Ambiente. “Eu tenho acompanhado essa gestão e, às vezes as mudanças chocam, mas com o tempo as pessoas passam a perceber que é muito importante termos segurança jurídica. Quero parabenizar a prefeita por colocar à frente desta pasta um técnico, pois é isso que nós queremos. Nós queremos segurança jurídica, leis claras, procedimentos claros e tratamento igual para o empresário grande e o empresário pequeno”, pontuou Furtado.

Valdeci Motta, representante da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, falou sobre o mutirão que será realizado, sábado, no Horto Florestal

Valdeci Motta, representante da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, falou sobre o mutirão que será realizado, sábado, no Horto Florestal

O representante da empresa Pedra Branca, Valdir José Tomazi, garantiu que a iniciativa da Prefeitura é inédita e representa uma mudança de paradigma para o município e para a gestão pública. “A Pedra Branca pretende expandir as atividades para São José porque aqui somos muito bem acolhidos e tratados de maneira transparente pela Fundação do Meio Ambiente”, disse Tomazi.

Valdeci Motta, representante da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, falou da importância de abraçar um projeto como este, pois no sábado (7) a igreja realizará o projeto “Mãos que Ajudam o Meio Ambiente”.  “Já estão confirmados 300 voluntários que irão trabalhar na limpeza do Horto Florestal. Nós só temos que agradecer a cidade, a prefeita, os empresários, o superintendente e a todos que estão trabalhando para uma cidade cada vez melhor”, afirma.

O presidente do Sinduscon, Helio Bairros, aproveitou para fazer um reconhecimento à atuação do superintendente Eduardo Bastos na Fundação. “O Eduardo percebeu a situação que tínhamos aqui deixada pelo governo anterior, procurou o Sinduscon e ofereceu uma parceria para que as empresas que tivessem algum problema junto à Fundação pudessem resolver estas questões. Tudo foi feito com muita tranquilidade, transparência e com o acompanhamento do Ministério Público. Por isso, estamos muito felizes em estar participando desse evento hoje”, assinalou Helio.

O presidente do Sinduscom, Helio Bairros, reconheceu as mudanças na gestão da Fundação Municipal do Meio Ambiente

O presidente do Sinduscon, Helio Bairros, reconheceu as mudanças na gestão da Fundação Municipal do Meio Ambiente

O vereador Neri Amaral elogiou a equipe técnica da Fundação do Meio Ambiente e destacou a importância de todos os setores – Legislativo, Executivo, Judiciário e empresariado – trabalharem juntos. “Tenho certeza que vai funcionar. Cada um deve fazer a sua parte para o município cresça em harmonia”.

O empresário César Gomes também fez elogios à gestão e falou da satisfação de expandir os negócios para São José. “A família iniciou o projeto em Palhoça. Hoje nos estendemos e já somos também do município de São José. Participamos do esforço que é comum a todos vocês, esperamos contribuir para o desenvolvimento da cidade e nos incorporarmos a todos aqueles que têm este mesmo objetivo. Nos sentimos satisfeitos em participar deste esforço comum, que como nós vemos, começa a trilhar outros caminhos para se expandir e se consolidar no contexto catarinense”.

A prefeita Adeliana Dal Pont agradeceu aos empresários pela compreensão sobre as mudanças dentro da Fundação do Meio Ambiente

A prefeita Adeliana Dal Pont agradeceu aos empresários pela compreensão sobre as mudanças dentro da Fundação do Meio Ambiente

A prefeita Adeliana Dal Pont agradeceu a todos os envolvidos no projeto e lembrou-se do compromisso firmado com os empresários. “Firmei o compromisso de atender o setor produtivo com respeito e trazê-lo para perto”. A prefeita falou também sobre o trabalho da Fundação do Meio Ambiente e sobre a importância das mudanças. “Tenho pedido ao Eduardo muita sensibilidade e muita tranquilidade, porque as mudanças às vezes assustam. O que eu tenho feito neste período que estou aqui é apenas cumprir com o que me comprometi: de ter uma administração correta, de usar bem os recursos públicos e fazer com que as pessoas tenham direito aos bons serviços da Prefeitura”, disse a prefeita.

Adeliana aproveitou também para agradecer a todos pelo trabalho e pela conduta com os serviços. “Quero fazer um agradecimento muito especial a todos os empresários que entenderam este novo jeito de trabalhar, mais tranquilo e realmente com segurança jurídica. É importante para a cidade de São José tê-los aqui e quero agradecer pela sensibilidade de atender a um pedido da Fundação para que realmente trabalhemos juntos para uma cidade melhor”, finalizou a prefeita.

Também participaram da solenidade os vereadores Silvio Odair de Souza e Sandra Martins, o representante do comando do 10° Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar, o tenente Victor Rolli; o representante da empresa L.U.S.C, Ubiratan Cunha Barbosa; os representantes da Empresa Cimes Construtora, Mauri Espíndola e Rosangela da Rosa Espíndola; o representante da Empresa Construtora Amaral, Edson Amaral; o representante da Empresa Dionísio Deschamps, Dionísio Deschamps; o representante da Empresa Firenze, Gentil Cordiole; o coordenador do Parque dos Sabiás, Reinaldo Donizete Pereira; o conselheiro do Grupo Mórmon, Valdeci Motta; o defensor público chefe da União, Gabriel de Farias; secretários municipais e convidados.

Fotos Aline Scatolin – Secom/PMSJ

 

Fonte:  http://www.pmsj.sc.gov.br/2014/06/fundacao-municipal-de-sao-jose-firma-parcerias-com-o-setor-empresarial/

Leave a comment